Por trás de seus olhos : livro de Sarah Pinborough e a série da Netflix

Retipatia
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.

Por trás de seus olhos traz um clichê da literatura: o triângulo amoroso. Mas unido à uma boa dose de suspense psicológico, uma narrativa interessante, personagens complexos e reviravoltas inesperadas, o que você vai ver está bem além do tradicional. Beira o extraordinário. É uma visita por trás dos olhos de cada personagem. Mas cuidado com o que poderá ver.

Por trás de seus olhos (Behind her eyes)
Sarah Pinborough
Tradução Alexandre Raposo
Intrínseca | 2017 | 352p.
Disponível em Amazon
“A cada hora que passa, me beliscar e dizer a mim mesmo que ESTOU ACORDADO. Olhar para minhas mãos. Contar os dedos. Olhar o relógio (de parede ou de pulso), desviar os olhos, voltar a olhar. Manter-se calmo e concentrado. Pensar numa porta.”
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.
Sobre Sarah Pinborough

Sarah Pinborough é autora premiada e aclamada pela crítica. Tem diversos romances publicados, roteiros escritos para a BBC e vários projetos televisivos em desenvolvimento. Por trás de seus olhos alcançou o topo das listas de mais vendidos do Sunday Times e do The New York Times, além disso, teve os direitos de publicação negociados para cerca de vinte países. Em fevereiro de 2021, o livro ganhou uma série adaptada pela Netflix.

Sinopse de Por trás de seus olhos

Não confie neste livro, nestas pessoas. Não confie em você.

Louise é mãe solteira, trabalha como secretária e está presa à rotina da vida moderna: ir para o escritório, cuidar da casa, do filho e tentar descansar no tempo livre. Em uma rara saída à noite, ela conhece um homem no bar e se deixa envolver. Embora ele se vá logo depois de um beijo, Louise fica muito animada por ter encontrado alguém.

Ela só não esperava que seu novo e casadíssimo chefe seria o homem do bar. Apesar de ele fazer questão de logo esclarecer que o beijo foi um equívoco, em pouco tempo os dois passam a ter um caso. Em uma terrível sequência de erros, Louise acaba ficando amiga da esposa do amante.

E, se você acha que sabe para onde esta história vai, pense de novo, porque Por trás de seus olhos não se parece com nenhum livro que já tenha passado por suas mãos. À medida que é arrastada para a história do casal, Louise acaba com mais perguntas que respostas e a única coisa certa é que algo naquele casamento está muito, muito errado.

Em Por trás de seus olhos, best-seller do Sunday Times e do The New York Times, Sarah Pinborough não só reinventa o tradicional triângulo amoroso, mas o vira do avesso e de ponta-cabeça, numa trama “com tantos jogos mentais que você vai começar a se perguntar se esse triângulo tem mesmo três lados”, como destaca Josh Malerman, autor de Caixa de pássaros.

Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.
Por trás de seus olhos

Imagine um triângulo amoroso. Agora apague tudo que você imaginou, tire qualquer ideia pré-concebida que você tenha de um dos mais antigos clichês da literatura. Não, você não está nem perto do que irá encontrar em Por trás de seus olhos, mas já é um começo.

“Não havia como voltar atrás, como desfazer o que estava feito. Um ato terrível, mas necessário. Um fim e um começo agora eternamente entrelaçados. Ele esperava que as cores do mundo mudassem para refletir aquilo, mas o céu e a terra permaneceram com os mesmos tons suaves, e nas árvores não houve sequer um tremor de rancor. Nenhum choro sussurrado pelo vento. Nenhuma sirene uivando ao longe. A floresta era apenas a floresta, e a terra, apenas a terra.”

Você não está só. Louise Barnsley também nunca imaginou estar em meio à um triângulo amoroso. A única parte de sua vida que não é uma rotina é, quero dizer, sua vida vive em modo rotina. É claro que ela ama seu filho Adam, que ainda tem ressalvas quanto ao ex-marido, e que sua única amiga, Sophie, nem sempre está disponível. Mas numa rara ocasião em que Louise decide se dar uma noite de folga, ela conhece o cara do bar. Bonito, inteligente. Ele a faz rir. Um beijo e nada mais.

“Às vezes me pergunto se ele quer me matar e acabar logo com isso. Livrar-se desse fardo. Talvez parte de mim também deseje matá-lo.”
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.

Mas a questão é que Louise ainda pensa naquele beijo, pois é a confirmação de que sim, ela ainda pode atrair um homem e, principalmente, ainda consegue se sentir atraída por alguém. O problema começa quando ela se depara com seu novo chefe, o Dr. David Ferguson. Ele não é apenas o cara do bar e seu chefe, mas também é casado com uma mulher que parece saída da tela do cinema.

As coisas poderiam terminar aí, mas Louise acaba conhecendo a esposa de David, Adele e elas se tornam amigas. Ao mesmo tempo, é difícil negar a atração que existe entre ela e David, e logo os dois se tornam amantes.

“Todo mundo tem segredos, Lou — comenta Sophie. — Todos devem ter direito a guardar segredos. Não dá para saber tudo sobre uma pessoa. Você enlouqueceria se tentasse.”

Essa poderia ser apenas mais uma história com um triângulo amoroso tórrido, mas os jogos que se iniciam não são apenas inteligentes, mas misteriosos, complexos e muito, muito perigosos.

“Estou cuidando das coisas. Só preciso ter coragem. Já fiz isso antes. Posso fazer outra vez.”

E, junto a esse triângulo, o próprio relacionamento de Adele e David fica em evidência, afinal, são muitas peças que parecem não se encaixar no quebra-cabeça. Segredos e mentiras do passado que parecem corroer as entranhas de cada um deles, só que, não se engane. Nada é como parece.

“Sente falta daquele tempo que passava explorando o mundo por trás de seus olhos. Aquele mundo é parte dela, e a culpa não basta para desligá-la daquilo.”
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.

Através dos olhos de Adele e Louise, o passado começa a ser desvendado e, assim, somos surpreendidos com alguns acontecimentos, conseguimos imaginar outros e a trama te fisga como um peixe desprevenido. Você não quer apenas continuar a ler, você precisa de respostas. Precisa entender, saber o que de fato aconteceu. E o que diabos está acontecendo.

“As pessoas traem o tempo todo. As razões são sempre egoístas e baixas; as desculpas que inventamos é que são complicadas.”

As suposições serão muitas e, a medida que as camadas dos personagens começam a se revelar, que cada segredo é revelado, acreditamos estar mais próximos da verdade. Mas ela foi muito bem trabalhada, escondida bem diante de você, entremeada a uma rede de acontecimentos e detalhes que até mesmo os mais dos perspicazes leitores pode deixar passar.

“[…]vista de perto, a vida de todo mundo deve ser uma confusão de segredos e mentiras. A gente nunca sabe o que o outro realmente é sob a fachada.”

Além do trabalho incrível e inteligente da narrativa em manter a trama em constante andamento, dando informações relevantes a todo o tempo, a história explora muito do que são as relações humanas. Ou do quanto se conhece aqueles aos nosso redor, ou quanto cada um é capaz de influenciar ou de manipular o que está acontecendo e como as coisas poderão vir a acontecer, ou, o quanto se pode manipular da percepção que uma pessoa tem da outra?

“Eu não quero que acabe. É a verdade sincera e desagradável. Quero comer o bolo e também quero que o bolo permaneça intacto. Quero o amante e a melhor amiga.”

O único detalhe que abro ressalva é no deslanche da trama, em que Louise, uma personagem que é jogada de um lado a outro, ainda cai nas artimanhas as quais já deveria estar preparada, toma algumas ações que fazem sentido para o desfecho, mas não necessariamente no momento em que ocorrem. Entretanto, é algo que, no todo, não tira o mérito da história, nem a empolgação na leitura.

“O passado é tão efêmero quanto o futuro: não passa de perspectiva, fumaça e truque de espelhos. Você não pode apreendê-lo, certo? Digamos que duas pessoas vivam exatamente a mesma coisa. Mais tarde, peça que relatem o evento e, embora suas versões possam ser semelhantes, sempre haverá diferenças. A verdade é diferente para cada um.”
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.

Um ponto relevante que interliga muitos dos personagens é o tema das doenças mentais. Além disso, outros personagens surgem e são colocados diante desse tema, e de várias formas, se vê casos de descaso com aqueles que possuem transtornos mentais ou mesmo os riscos de não se tratar adequadamente aqueles que precisam.

“Perguntas, perguntas, perguntas. Parece que, desde que David e Adele entraram na minha vida, estou cheia de perguntas. Eles são como plantas aquáticas. Toda vez que acho que posso me afastar com braçadas, outro ramo se emaranha nas minhas pernas e me detém.”
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.

Uma leitura que te deixará à flor da pele. Nem de longe se encerrará na última página, ela vai consumir seu interior e pensamentos, trazendo todas as conexões que você deixou passar à primeira vista. Mantenha os pés no chão e seu foco por trás de seus olhos. Mas não se esqueça de olhar ao redor e ver aqueles que o cercam. Nada é o que parece.

“Ouvir algo de alguém nunca é o bastante. […] mas as palavras não têm peso. Sons momentâneos lançados no ar não têm solidez. Palavras escritas talvez tenham um pouco mais. Mesmo assim, as pessoas nem sempre confiam umas nas outras a ponto de não terem dúvidas. Ninguém realmente espera o melhor de outra pessoa. Para acreditar em alguma coisa, você precisa sofrer com ela. Precisa sujar as mãos de lama e ficar com terra sob as unhas. Precisa desenterrar essa coisa. Isso serve para mim e David, pelo menos. Não dá para entender apenas ouvindo. Preciso jogar Louise no fogo antes que ela saia do outro lado pura, limpa e confiante. Para que David enfim se sinta livre, ela primeiro precisa carregar o fardo. A verdade precisa vir dela. Ela precisa levar a verdade até ele.”
Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.
Por trás de seus olhos: a série da Netflix

Em fevereiro de 2021, a Netflix lançou a adaptação de Por trás de seus olhos, sob o mesmo título, no original, Behind Her Eyes, em uma minissérie com 6 episódios. De criação de Steve Lightfoot, o trio que estrela é Simona Brown como Louise, Eve Hewson como Adele e Tom Bateman como David.

A proposta do livro está toda presente na série, o triângulo amoroso, os segredos e as revelações que nos deixam estafados. Assim como a adaptação de Pequenos incêndios por toda parte da Celeste Ng, ganha pontos com os leitores por ser bem fiel à obra originária. O elenco é bom, cumpre o papel e, as alterações que vemos em relação ao livro foram feitas para deixar a trama mais enxuta, já que, em 6 episódios de 50 minutos, nem sempre é possível explorar muitas coisas distintas.

Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.
Por trás de seus olhos: diferenças entre livro e série

É possível perceber que a série fez algumas escolhas diferentes em relação ao livro. Claro que, em se tratando de mídias distintas, isso sempre ocorre e é necessário, mas em termos práticos, a série facilitou bastante a vida do expectador, já que várias informações que o livro nos esconde até o último segundo, são bem escancaradas logo nos primeiros episódios.

Se bem que tem um ponto positivo nisso, muitos dos comentários críticos que vi acerca do livro eram no sentido de que o elemento que justifica o plot twist demora a ser apresentado e, para alguns, isso é quase um roubo na trama. A série te dá isso de bandeja, é o aviso: olha, tem isso que vai acontecer aqui tá, é assim que a trama vai se desbravar, então não reclame comigo depois.

Resenha do livro e da série adaptada pela Netflix de Por Trás dos seus olhos de Sarah Pinborough, publicado pela Intrínseca.
Por trás de seus olhos: debate que a série deixou de fora

Confesso que senti falta do debate estético que acontece entre Louise e Adele no livro. Na série, Louise é vivida por uma atriz negra, linda, mas com corpo totalmente padrão e, por isso, o viés da crítica da pressão estética em relação a peso, ficou de fora. Mas acho que poderia ter sido trabalhado de outra maneira e, especialmente porque não estamos dentro da cabeça dos personagens para saber de suas inseguranças, como no livro, outros caminhos poderiam ser explorados a partir das mudanças realizadas. E, quanto à ressalva que fiz sobre a personagem Louise no livro, com atos muito programados para fazer a trama andar, quando ela já deveria ser mais sensata a certa altura do campeonato, a ideia se manteve (infelizmente), na série.

Por trás de seus olhos: vale a pena assistir?

Cheguei a ver comentários de ritmo da série e, nesse quesito não posso necessariamente reclamar. Apesar de eu já querer assistir após a leitura, não se se teria me prendido tanto caso eu não conhecesse a história. Ao mesmo tempo, é interessante como, de modo geral, as pessoas criam modelos de um gênero de história e esperam que todas sigam aquele padrão. E um dos pontos de Por trás dos seus olhos é exatamente esse: ele se desbrava a partir de um romance, com foco num triângulo amoroso perverso, explorando a personalidade humana, com um quê de suspense. Muitos focam apenas nessa última parte da história e esquecem que tudo nasceu, de fato, de um drama familiar.

Por último, mas não menos importante sim, eu recomendo que assista a série e, especialmente, que leia o livro!

Aleatoriedades

Por trás de seus olhos de Sarah Pinborough foi recebido em parceria com a Editora Intrínseca.

Não posso listar um grande número de livros que me surpreenderam tanto com o plot twist, mas certamente um a altura de Por trás de seus olhos é A Paciente Silenciosa de Alex Michaelides.

Imagens da série: Adoro Cinema

Que a Força esteja com você!

xoxo

Retipati

One thought on “Por trás de seus olhos : livro de Sarah Pinborough e a série da Netflix

  1. Como eu vi a série num fôlego só e até hoje não engoli o final, preciso urgente do livro, pois acredito na experiência completa!!!
    Olha,não vejo a hora de ler!!!
    Beijo

    Angela Cunha/ O Vazio na flor

Repense, renove, rediscuta...

%d blogueiros gostam disto: