encontrei afago nas páginas quentes braços envolvendo o lado de dentro

A importância de postar com frequência no Instagram e porque nem tudo é sobre quantidade

A importância de postar com frequência no Instagram e porque nem tudo é sobre quantidade

Quando falamos sobre a importância de postar com frequência no Instagram, existe uma esfinge, bem no estilo decifra-me ou te devoro, que pergunta: de quanto em quanto tempo eu devo postar?

Antes de falar propriamente sobre a importância da frequência de postagem, é preciso esclarecer um ponto importante. No meio da criação de conteúdo, e isso independe do nicho que você produza, existem, ao meu ver, duas grandes linhas de pensamento. E são elas que vão nortear as ações do produtor de conteúdo de maneiras diversas.

As duas linhas de pensamento da criação de conteúdo

A primeira delas vou chamar de Linha Majoritariamente Quantitativa, a segunda de Linha Majoritariamente Qualitativa.

Na Linha Majoritariamente Quantitativa, como o nome indica, os números são a sua fonte principal de informação e são lei. Você precisa postar tantas vezes ao dia, criar tantos conteúdos semanais, dar as caras tantas vezes nos stories. Fazer isso ou aquilo para se dar bem com os algoritmos. É uma espécie de fórmula matemática para te levar até seus objetivos.

Já na Linha Majoritariamente Qualitativa, como o nome também indica, o principal norteador será a qualidade daquilo que você cria em primeiro aspecto. É muito mais do que a quantidade ou a religiosidade com que você cria e posta. Aqui não tem fórmula matemática, o lado sociológico, por assim dizer, da coisa toda, tem mais força do que a precisão com que se produz.

O que não significa que a Linha Majoritariamente Quantitativa também não vai buscar qualidade. Ou que a Linha Majoritariamente Qualitativa não vá buscar quantidades e números.

Desde que comecei a produzir conteúdo, com tudo que aprendi ao longo do tempo e com base nos conteúdos que acompanho, cursos e outras ferramentas que já estudei, sou adepta da Linha Majoritariamente Qualitativa.

Mas então, o que essas linhas têm a ver com frequência?

Absolutamente tudo! Se eu fosse adepta da Linha Quantitativa, eu teria uma fórmula de frequência ideal para indicar efalar que esse é o ideal a ser seguido. Agora, sendo adepta da Linha Qualitativa, não tenho uma regra específica, ou fórmula, para apresentar. E então caímos em um ponto importante:

A frequência é feita para agradar ao algoritmo ou aos seus seguidores?

Dentro da ideia de frequência é preciso esclarecer ou lembrar que frequência é igual à constância, ser constante. E ser constante não significa diariamente. Quando a ideia é fazer oferendas aos deuses dos algoritmos, é preciso ter isso em mente.

Em termos práticos, isso significa que, se dentro da minha rotina eu consigo postar 2x ou 7x semanais no meu feed, por exemplo, o ideal é que eu mantenha essa média. Constante. O que envolve definir também uma frequência que seja alcançável dentro da minha realidade. Assim, o algoritmo vai entender que essa é a sua abordagem, que essa é a sua entrega.

Até porque quando se trata de fazer oferendas ao algoritmo é preferível você postar 2x em cada semana do que postar 7x em uma e, na próxima, não postar vez alguma. Afinal, às vezes a vida não acompanha nosso planejamento. Então é preferível você postar menos vezes na semana, mas seguir um ritmo confortável do que postar muitas vezes e depois não manter.

A frequência para seus seguidores

Agora, quando a gente fala da importância da frequência no Instagram em relação aos seus seguidores, precisamos lembrar que seus seguidores são pessoas, óbvio. Mas também que o feed delas é organizado pelos deuses dos algoritmos (ainda que consideremos as últimas atualizações de ordem cronológica e favoritos), com base no que eles entendem como as preferências dessas pessoas. Tudo, claro, a partir do comportamento que elas demonstram na rede.

Quando se trata de frequência, o peso que ela tem no algoritmo vai influenciar o peso com que suas postagens aparecem para os seguidores. E, a importância de suas postagens aparecerem para as pessoas são várias. O lembrete de que as pessoas seguem vários @’s e que é impossível que elas se lembrem de acessar a todos os perfis os quais as postagens não estão sendo entregues, é apenas a ponta do iceberg. Em princípio, queremos ser lembrados, ou não estaríamos produzindo e criando. A ideia é que suas ações sejam oferendas para que os algoritmos efetivamente realizem as entregas para seu público. Assim, a frequência é como uma amiga do algoritmo que, consequentemente, será importante para o seguidor.

A importância da frequência no Instagram é também sobre ser lembrado

Além disso, a constância no seu conteúdo também é importante para aquela pessoa que, de fato, acompanha seu conteúdo. E não apenas porque você maximiza as chances dela recebê-lo no feed. Como a gente sabe, do outro lado da tela, existe alguém rolando o feed, alguém que você quer captar a atenção. Quando você faz entregas constantes, você tem mais chances de captar a atenção dessas pessoas, mais vezes e de maneira mais frutífera. E também daquelas que você ainda precisa conquistar. É aquela ideia, quem é visto, é lembrado.

Ainda que humanamente seus seguidores entendam que por trás da sua conta existe uma pessoa que talvez não esteja dando conta do recado, a proximidade dela precisa ser mantida, reavivada, cultivada. E a frequência é uma parte importante desse processo. É ela quem vai levantar a mão para uma pessoa e dizer ao seu seguidor, ei, eu estou aqui, lembre de mim!

A questão é que, quando queremos ser lembrados, temos que dar motivos para isso. Desaparecer não é um bom motivo para que o público se lembre de mim, para que as pessoas me procurem. E a frequência, isoladamente da conversa sobre qualidade, bem como da conexão do nosso conteúdo, é uma ótima ferramenta para permitir isso.

Então, afinal, qual a frequência ideal?

No fim do dia, a esfinge vai te fazer a pergunta de um milhão de dólares, pronta para te devorar: de quanto em quanto tempo eu devo postar? Recomendo que você siga em frente, no seu ritmo, constância e frequência. Afinal, a importância da frequência no Instagram é sobre muitas coisas, e muito pouco acerca da quantidade.

Na era das transformações da criação de conteúdo, duas dicas: ler o post sobre Crowdfunding e conhecer o livro na Loja Wish com cupom de desconto (RETIPATIA5)!

Comente este post!