encontrei afago nas páginas quentes braços envolvendo o lado de dentro

Mordida ♥ Sarah Andersen

Resenha da HQ Mordida de Sarah Andersen, publicado em 2021 pela Editora Seguinte em edição capa dura, revestida em tecido vermelho e com corte preto.

Mordida está prestes a cativar você: junte uma vampira com um humor ácido incrível e um lobisomem para lá de charmoso e eis o casal do ano! A HQ de Sarah Andersen junta duas criaturas do imaginário coletivo que costumam ser rivais e inimigas e o resultado só podia ser esse, uma história de amor moderna, divertida e apaixonante!

Mordida (Fangs)
Sarah Andersen
Tradução Sofia Soter
Editora Seguinte | 2021 | 112p.
Disponível em Amazon
– Então, cara, qual é seu tipo?
– Ah. Hum… Góticas?
– Não. Seu tipo sanguíneo.
Resenha da HQ Mordida de Sarah Andersen, publicado em 2021 pela Editora Seguinte em edição capa dura, revestida em tecido vermelho e com corte preto.

Sobre Sarah Andersen

Sarah Andersen é uma cartunista e ilustradora da Nova Inglaterra, nos Estados Unidos. Ela gosta de café, felinos e feiticeiras. É autora de Ninguém vira adulto de verdade, Uma bolota molenga e feliz e A louca dos gatos.

Sinopse de Mordida

Em seu novo livro, Sarah Andersen traz uma história de amor inusitada entre uma vampira e um lobisomem, com a linguagem em quadrinhos que já conquistou milhares de fãs na internet e nas livrarias.

Em seus trezentos anos de vida, a vampira Elsie nunca encontrou um par perfeito. Tudo muda quando ela conhece Jimmy, um lobisomem encantador, com uma forte tendência a sair correndo por aí na lua cheia. Cada qual com seus hábitos incomuns, juntos eles levam uma vida de casal deliciosamente macabra, curtindo filmes de terror e livros de suspense, fazendo passeios à sombra e saciando seu apetite voraz em jantares refinados (sem alho!).

Com traço gótico, humor ácido e repleto de romantismo, Mordida retrata os dramas reais de se apaixonar por alguém perfeito para você ― mas ao mesmo tempo muito diferente. Em edição de luxo, com capa dura de tecido e laterais pintadas de preto, este é um livro de morrer.

Resenha da HQ Mordida de Sarah Andersen, publicado em 2021 pela Editora Seguinte em edição capa dura, revestida em tecido vermelho e com corte preto.

Mordida

Elsie é uma vampira. Jimmy é um lobisomem. Partindo da ideia de inimigos naturais, Sarah Andersen presenteia os leitores e fãs dessas criaturas (e de um bom romance, convenhamos), com Mordida. A história de vampira conhece lobisomem é transformada quando surge um interesse entre esses dois e, a cada página, a cada quadro, vemos o desabrochar de um relacionamento.

Um relacionamento que mesmo os corações mais incautos irão torcer, pode apostar. Isso porque a história consegue pegar sentimentos e expressá-los, especialmente, através de situações rotineiras. Não tem ninguém salvando o mundo de um destino cruel, nenhuma luta entre trevas e luz, nenhum apocalipse espreitando na porta ao lado. Daí os mundos vampiresco e lupino entra nessas ações cotidianas, entre refeições, dormir de conchinha, passeios e conversas. A beleza principal de Mordida é justamente mostrar o caminho tradicional de um relacionamento entre criaturas não humanas, ou não completamente humanas.

Resenha da HQ Mordida de Sarah Andersen, publicado em 2021 pela Editora Seguinte em edição capa dura, revestida em tecido vermelho e com corte preto.

E, nesse meio, as referências modernas pipocam nas páginas trazendo alívio cômico e identificação, mesclando-se também, às já conhecidas características de vampiros e lobisomens. De Drácula à Crepúsculo, de selfs em que vampiros não aparecem, listas de vítimas, desavenças com gatos e desconfianças com carteiros, transformações na lua cheia, você se vê virando página a página, querendo saber mais daquele casal e, por que não, sorrindo, rindo e suspirando de vez em quando.

Mas como nem tudo é perfeito, Mordida tem uma grande problema: ela acaba. E rápido demais. Eu já li a HQ umas três vezes e sei que ainda não acho que tenha sido o suficiente do casal Elsie e Jimmy. Preciso ler mais, preciso de mais histórias desse casal.

Acompanhada à uma boa dose de sangue gelado, essa é HQ é irresistível. Você vai querer mais e mais, e não apenas do sangue, eu garanto!

“- Quantos anos você tem?
– Trezentos. Mas com corpinho de 26.”

Preciso falar da edição que a Editora Seguinte trouxe para Mordida: capa dura e acabamento em tecido! Você não leu errado, a perfeição que traz um ar vintage e vitoriano à HQ é em tecido vermelho, com corte das páginas preto e folhas brancas de alta gramatura, combinando com o estilo das ilustrações. A própria perfeição, certeza que a Elsie aprovaria, é da cor favorita dela!

Resenha da HQ Mordida de Sarah Andersen, publicado em 2021 pela Editora Seguinte em edição capa dura, revestida em tecido vermelho e com corte preto.

Aleatoriedades

A HQ Mordida foi recebida em parceria com a Editora Seguinte pelo Time de Leitores da Companhia das Letras.

As dicas de HQ’s apaixonantes da vez, são: Francis, Laura Dean vive terminando comigo, Heartstopper (em breve tem resenha aqui), Nimona e Diário de uma Volátil.

Que a Força esteja com vocês!

xoxo

Retipatia

Comente este post!

  • Angela Cunha

    A filha pródiga voltou! rs
    E estava doida para ver ou rever as fotos dessa Graphic que é um sonho! Não somente pelo tema que eu amo, mas pelas ilustrações, cores e todo o ritual que sempre você consegue fazer e deixar o que poderia ser simples, em algo tão grandioso!!!!
    Ainda vou ler!!!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor