Laura Dean vive terminando comigo ♥ Mariko Tamaki & Rosemary Valero-O’Connell

Retipatia
Resenha da HQ Laura Dean vive terminando comigo de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell, publicada pela Intrínseca em 2020.

Laura Dean vive terminando comigo é uma premiada HQ que vai nos contar a história fofa, intensa e envolve de Freddy, a garota que Laura Dean vive dispensando. Uma história sobre acreditar em si, ter coragem para tomar decisões e ser um bom amigo. Vem conhecer a Frederia (e a Laura Dean, óbvio)!

Laura Dean vive terminando comigo (Laura Dean keeps breaking up with me)
Mariko Tamaki & Rosemary Valero-O’Connell
Tradução de Rayssa Galvão
2019 | 304 páginas | Intrínseca

Disponível em Amazon

Sobre Mariko Tamaki

Mariko Tamaki é uma renomada autora canadense de quadrinhos e prosa, com mestrado em Estudos Feministas. Em parceria com Jilian Tamaki, criou Skim e Aquele Verão. Entre seus prêmios, estão a Caldecott Honor, a Printz Honor e alguns Eisner Awards, a maior distinção do mundo dos quadrinhos. Tamaki também escreve sobre super-heroínas para a Marvel e a DC Comics.

Sobre Rosemary Valero-O’Connell

Rosemary Valero-O’Connell é uma quadrinista e ilustradora americana. Já trabalhou para DC Comics, BOOM! Studios, CAPY Games, Mondo Tees, entre outros. Suas obras foram reconhecidas pela Society of Illustrators de Nova York, exibidas e agraciadas com o Harvey Award e o Eisner Award.

Resenha da HQ Laura Dean vive terminando comigo de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell, publicada pela Intrínseca em 2020.
Sinopse de Laura Dean vive terminando comigo

Freddy Riley só quer que Laura Dean pare de terminar com ela. O dia em que começaram a namorar foi o melhor de sua vida, mas agora parece apenas uma lembrança distante. Laura Dean é popular, engraçada e MUITO LINDA… mas também pode ser insensível e bem cruel. O relacionamento cheio de idas e vindas deixa Freddy desnorteada, e seus amigos não entendem por que ela sempre aceita reatar. A situação se mostra cada vez mais insustentável: o coração de Freddy está se despedaçando em câmera lenta, e ela corre o risco de perder a melhor amiga junto com o que resta de sua autoestima. Mas, quando Freddy se consulta com uma misteriosa vidente, recebe um conselho capaz de mudar essa história para sempre.

As premiadas Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell dão vida a uma narrativa delicada e pungente sobre o amor na adolescência, nos convidando a imaginar o que acontece quando deixamos para trás os relacionamentos tóxicos e abrimos espaço para relações que nos fortalecem. Laura Dean vive terminando comigo venceu três Eisner Awards, maior prêmio do universo dos quadrinhos, nas categorias Melhor Roteirista, Melhor Artista e Melhor Publicação Para Adolescentes.

Laura Dean vive terminando comigo

O título pode soar bem autoexplicativo, mas vale contar que a história de Frederica Riley é tão real que poderia ter acontecido comigo ou com você. Quem sabe com uma vizinha, ou com aquela nossa melhor amiga do tempo de escola.

“Estou ciente de que meus amigos, conselheiros não profissionais, já não conseguem sentir pena da minha situação cada vez mais ridícula. Eles não entendem como continuo apaixonada por uma garota que já terminou comigo três vezes.”
Resenha da HQ Laura Dean vive terminando comigo de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell, publicada pela Intrínseca em 2020.

Namorar a garota mais popular do colégio pode parecer um sonho para qualquer pessoa, mas bem, não se essa pessoa for a Laura Dean. Freddy sabe muito bem disso. Já é a terceira vez (ou seria a quarta?) que Laura Dean termina com ela. E, aparentemente é apenas Freddy quem fica com o coração despedaçado. A ideia já é tão comum que seus amigos já reconhecem o ciclo que volta para o começo logo após a primeira mensagem de Laura Dean para Freddy. Só que, com o namoro (re)reatado, Freddy volta a ser a garota que não tem muito tempo para os amigos e que está sempre chorando e preocupada. Era mesmo para ser assim?

“A parte mais difícil, além do fato de que levar um fora é pior que intoxicação alimentar, é a sensação de que vivo perdendo uma pessoa que estava aqui agora mesmo. É como se Laura tivesse sumido, mas não sumiu. Ainda sinto o cheiro do desodorante dela nos lençóis.”

Freddy acompanha a coluna de Anna Vice, que dá conselhos amorosos e decide escrever para ela, pedindo ajuda. Freddy não consegue encontrar uma solução, só sabe que ela gosta muito de Laura Dean. E, ao longo de seus e-mails para Anna Vice, o relacionamento com os amigos e a rotina escolar, nós descobrimos quem é Freddy Riley, suas inseguranças, suas verdades e anseios.

“Então, sra. Vice, se essa não for só uma coluna de autoajuda fajuta, escrita por um programa de computador para propagar valores heteronormativos… por favor, me ajude.”

É uma volta ao nosso eu adolescente e, ao mesmo tempo, um reencontro com partes nossas que podem ainda existir. A insegurança sobre o sentimento do outro, o achar que você merece o que lhe é oferecido, ainda que seja pouco demais para você. Quem nunca teve um relacionamento complicado, que machuca? Nem precisa ser amoroso, pode ser uma amizade que exigia demais, que te usava apenas quando era conveniente. Você já passou por algo assim?

“Volta e meia um pensamento me atinge… como se fosse um fio solto na minha pele. Penso que só estou me forçando a acreditar que o que eu sinto é verdade, que isso é mesmo real.”

A dinâmica da história nos revela quem Freddy é mas, de outro lado, temos a incógnita chamada Laura Dean, que salta aos olhos no título da HQ. Quem seria Laura Dean? O que ela tem além do inegável charme? Talvez eu esteja viajando, mas preciso dizer que ao longo da história ela se mostrou um pouco uma rebelde sem causa, bem no estilo James Dean (seria daí a inspiração de seu nome (e estilo)? Ainda que, para muitos, numa leitura rápida, bem mais em questões sonoras, possa lembrar de uma personagem bem fofa e bem menos problemática chamada Lara Jean… rsrs).

“Sabe, acho que entendo por que é tão comum as pessoas usarem ‘dor’ e ‘amor’ juntos. Porque a verdade é que o amor dói.”
Resenha da HQ Laura Dean vive terminando comigo de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell, publicada pela Intrínseca em 2020.

Além de ser uma história que explora os relacionamentos LGBTQ+, a história de Freddy Riley e Laura Dean explora as dores comuns da adolescência. É uma fase de mudanças, de incertezas e fragilidade. E cada um dos personagens, do casal principal até o círculo de amizade de Freddy, exploram isso de forma realista e cheia de nuances. Uma intensidade que não se vê em qualquer história adolescente.

“Na verdade, términos quase nunca são simples, já que as pessoas são complicadas. Tudo bem se parecer um desastre. Sei que podemos sentir que não está tudo bem, mas está. Além disso, às vezes precisamos terminar com alguém que ainda amamos. Não existe uma fronteira clara entre amar e não amar mais.”
Resenha da HQ Laura Dean vive terminando comigo de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell, publicada pela Intrínseca em 2020.

Inclusive, falando sobre as amizades de Freddy, o casal Eric e Buddy ganharia fácil o prêmio simpatia, fofura e carisma. Sabe aquele casal fofo, que você quer que tudo dê certo? É, eles são exatamente assim. E, além dessa dupla, Freddy ainda conta com Doodle, sua melhor amiga que passa com ela todos os perrengues pós-término, ou pós-Laura Dean.

“Concordo que, conforme ficamos mais velhos (e eu tenho certa idade), percebemos que se apaixonar e terminar têm muito em comum. Amar é difícil. E terminar é difícil. Amar é um drama só, e terminar também. O que me faz pensar que suas dúvidas em relação ao término na verdade são dúvidas sobre o tipo de amor que você tem com essa garota.”

Outro aspecto incrível da história é que os personagens secundários, em especial os amigos de Freddy, estão passando por seus próprios problemas, tempestades. A vida deles segue tal qual a de Freddy, ainda que, muitas vezes, ela não se dê conta disso. E suas histórias acabam intrincadas e ajudam a trazer mais temas e abordagens importantes para a história.

“Seja poligâmico ou monogâmico, o amor deve nos trazer coisas boas. Pode haver entrega num relacionamento, é verdade. Mas, ao contrário do que se pensa, o amor nunca deve tirar nada de nós, Freddy.”
Resenha da HQ Laura Dean vive terminando comigo de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell, publicada pela Intrínseca em 2020.

Na jornada de Laura Dean vive terminando comigo, Freddy vai aprender não apenas a confiar em si mesma, mas a dar importância à amizade, àqueles que estão ao seu lado não importa se o dia está radiante ou se o tempo está nublado. Vai aprender que relacionamentos precisam ser uma via de mão dupla, que compromisso e respeito são indispensáveis e, especialmente, que saber ouvir aqueles que lhe querem bem, pode ser a chave para aprender e escolher caminhos melhores para si. Às vezes, pode valer a pena até levar em conta o conselho de uma mestra de RPG, digo, clarividente ou de uma coluna de relacionamentos amorosos.

Aleatoriedades

A HQ Laura Dean vive terminando comigo foi recebida em parceria com a Editora Intrínseca.

Assim como a história de Freddy e Laura Dean, vale muito conhecer Íris e Édra Norr em O Amor Não É Óbvio, da Elayne Baeta (você precisa mesmo conhecer Édra Norr)!

Que a Força esteja com vocês!

xoxo

Retipatia

2 thoughts on “Laura Dean vive terminando comigo ♥ Mariko Tamaki & Rosemary Valero-O’Connell

  1. Não vejo a hora da minha Hq chegar. Confesso que se minha pobreza colaborasse, iria comprar muitas Hq’s rs elas tem aparecido sempre com uma qualidade incrível e não sendo em preto e branco, meus olhos ficam tão felizes rs(comprei Maus estes dias e sofri pra ler, mas valeu o esforço)
    Mulheres podem ferir, quando querem rs
    A Intrínseca caprichou demais no enredo e no jogo de cores!!!
    Lerei!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na Flor

Repense, renove, rediscuta...

%d blogueiros gostam disto: