Agora e para sempre, Lara Jean ♥ Jenny Han

Retipatia
Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.

A Lara Jean que conhecemos está de volta, agora e, para sempre. É bom se preparar para uma dose de fofura (e drama) adolescente, um punhado de cookies de chocolate, cartas, scrapbook e, claro, e Peter Kavinsky.

Agora e para sempre, Lara Jean (Always and Forever, Lara Jean)
Jenny Han
Tradução Regiane Winarski
2017 | 304 páginas
Intrínseca
Disponível em Amazon
“Mesmo depois de um ano inteiro juntos, tudo ainda parece tão novo. Amar um garoto, ser amada por ele. Parece um pouco como um milagre.”
Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.
Sobre Jenny Han

Jenny Han nasceu na Virgínia, Estados Unidos, e cursou mestrado em escrita criativa pela New School. Sabe fazer um brownie perfeito, é ótima em inventar apelidos e tem paixão por livros de receitas. Sua série de TV preferida é Buffy – a caça-vampiros. Mora no Brooklyn, em Nova York.

Sinopse de Agora e para sempre, Lara Jean

Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean – aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las – foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta.

Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito – organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura -, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família – e, quem sabe, o amor de sua vida – para trás.

Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?

Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.
Agora e Para Sempre, Lara Jean
A resenha contém spoiler dos livros 1 e 2 da trilogia Para todos os garotos que já amei + P.S. ainda amo você (só clicar nos nomes para ler as resenhas)

O último volume da trilogia Para todos os garotos que já amei, Agora e para sempre, Lara Jean continua a história de uma das adolescentes mais fofas e cativantes que já conheci.

No primeiro livro, temos o enigma: as cartas que ela escreve para seus crushes e guarda preciosamente em uma caixa redonda, são misteriosamente enviadas aos seus destinatários. O que, invariavelmente, muda completamente a vida de Lara Jean.

“Ouça meu conselho, Lara Jean. Nunca diga não quando quer mesmo dizer sim.”
“Nas últimas semanas, embarquei numa missão para aperfeiçoar essa minha receita, e Peter e Kitty têm sido meus companheiros de viagem. Kitty prefere que ele seja fino e crocante, enquanto Peter prefere mais denso. Meu cookie perfeito é uma combinação das duas coisas. Crocante, mas macio por dentro. De um marrom não tão intenso, mas com uma cor agradável e muito saboroso. Com uma certa altura, mas não muito grosso. É esse o cookie que estou procurando.”
Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.

Uma carta para o ex-namorado de sua irmã, uma para o garoto mais popular da escola. Um tal de Peter Kavinski. Alguém que chegou para ficar na vida de Lara Jean ainda que, a princípio, não passasse de um namoro de mentira.

E então chegamos lá em P.S. Ainda amo você, e lembra das cartas? Acontece que elas também trazem um outro tal de John Ambrose de volta a vida de Lara Jean e você vai ficar tão dividida quanto ela nessa história.

“O cara dos meus sonhos é Gilbert Blythe, de Anne de Green Gables. Bonito, legal, bom na escola.”
“Na peça, Romeu e Julieta tinham só treze anos. No filme, estão mais para dezessete ou dezoito. Com certeza, ainda são adolescentes. Como eles sabiam que foram feitos um para o outro? Bastou os olhares se encontrarem através de um aquário? Eles sabiam que era um amor pelo qual valia a pena morrer? Porque eles sabem. Eles acreditam.”

Agora, temos para sempre Lara Jean. Digo, Agora e para sempre, Lara Jean, o fechamento da trilogia e com sabor de começo na vida da garota Song.

Depois dos tempos confusos que surgiram em P.S., o relacionamento de Lara Jean com Kavinski está de vento em poupa. Tudo parece reluzente no último ano escolar, as notas altas, os pedidos para as faculdades feitos. Lara Jean, como sempre, tem tudo planejado: irá para a UVA, assim como seu namorado Peter; seu pai não está mais solitário agora que namora Trina e Kitty também continuará a ter uma mulher para lhe dar suporte, quando Lara Jean for para a faculdade.

Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.
“É assim que acontece? Você se apaixona e nada mais parece assustador, e a vida é apenas uma grande possibilidade?”
“- Os lugares mais quentes do inferno estão reservados para aqueles que não se manifestam em tempos de crise – comento, lambendo a colher.
Ela ri.
– Achei que os lugares mais quentes do inferno estivessem reservados para mulheres que não ajudam outras mulheres.
– Bom, acho que o inferno tem muitos lugares bem quentes.”

O único fator que Lara Jean não colocou nos seus planos foi que a vida nem sempre segue as nossas vontades e alguns acontecimentos vão impactar a ordem das coisas. O que, de um jeito ou de outro, irá refletir não apenas nas decisões que ela precisa tomar, mas também nos seus relacionamentos.

É claro que isso vai também trazer à tona uma Lara Jean empenhada em fazer a receita perfeita de cookie (crocante por fora e macio por dentro), descobrir novas receitas, seguir os conselhos de Stormy, fazer tudo dar certo no casamento de seu pai e Trina, organizar o baile de formatura perfeito, entrar na UVA, já falei cuidar do seu relacionamento com Peter e conseguir não se desesperar em ser a segunda garota Song a sair de casa?

Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.
“Existe uma vida pacata, uma vida contente, sem altos e baixos radicais, e existem todos os atritos de quando se está apaixonado por alguém.”
“Não funciona assim. Não se escolhe a música. A música escolhe você. Que nem o Chapéu Seletor.”

Mas, afinal de contas, é assim que é a vida nos ensina, nos faz crescer. E é aí que reside uma das mais belas coisas em toda a história de Lara Jean: os aprendizados que surgem ao longo da jornada, que não se resumem apenas à autoconhecimento, mas também falam de relacionamentos familiares, amorosos, de amizade.

E tudo isso transmitido através da bela e envolvente narrativa de Jenny Han. Conheci sua escrita no primeiro livro da série e foi um deleite. Sem mensurar o quanto a história conversou comigo, não apenas pela personagem principal, mas por tudo que ela traz, que vai além da nostalgia adolescente. É mais como um lembrete de que a vida pode ser bem mais leve, desde que a gente permita.

Resenha de Agora e para sempre, Lara Jean, de Jeeny Han, publicado pela Intrínseca.
“Stormy me ensinou que o amor é fazer escolhas corajosas todos os dias.”
“Já ouvi gente dizendo que você conhece seus melhores amigos na faculdade, e que são esses que ficam ao seu lado a vida toda, mas tenho certeza de que eu e Chris permaneceremos próximas a vida toda também. Sou uma pessoa que guarda coisas. Vou estar com ela para sempre.”

É um fato que o volume dois da trilogia não me conquistou muito, mas senti que toda a essência que me fez me apaixonar pelo primeiro livro, retornou em Agora e para sempre, Lara Jean. Ficou até difícil decidir se gosto mais do primeiro ou do terceiro livro.

A força das irmãs Song, o amor juvenil e a amizade para levar para a vida, a percepção do poder de nossas próprias escolhas, tudo isso faz de Agora e para sempre, Lara Jean bem mais do que um romance juvenil água com açúcar, feito para alegrar e aquecer o coração. Bem, tem bastante açúcar com os doces da garota Song e tem coração quentim também, mas bem mais que isso. Tem o lembrete de que belas histórias são aquelas vividas por pessoas como nós, como Peter Kavinsk, Margot, Chris, Trina, Dr. Covey, John Ambrose, Kitty, Josh, Stormy. Como as irmãs Song. Como a família Covey. Para sempre, como Lara Jean.

“Ser vulnerável, deixar pessoas se aproximarem, se magoar… tudo isso é parte de estar apaixonado.”
“Um dia, se eu tiver sorte, vou contar para alguma garota jovem todas as minhas histórias, como Stormy me contou as dela. E vou poder vivê-las de novo.”
Aleatoriedades

E agora é aguardar – ansiosamente – que a Netflix nos presenteie com a terceira e última parte da história da Lara Jean. E se você quiser ler mais sobre os dois filmes já lançados, é só clicar aqui, tem um post bem legal e sem spoilers sobre eles!

Para quem curte leituras fofas como essa, minhas dicas são: O verão que mudou minha vida, também da Jenny Han e O Reino de Zália da Luly Trigo.

Ah e o livro de Anne de Green Gables de L. M. Montgomery, que fez uma pequena aparição aqui é a edição da Martin Claret, que você encontra aqui!

P.s.: tentei fazer cookies para essas fotos e falhei miseravelmente. Eles não cresceram, mas daí nasceu a quirche de brigadeiro, que é deliciosa! ehehe

Que a Força esteja com vocês!

xoxo

Retipatia

One thought on “Agora e para sempre, Lara Jean ♥ Jenny Han

  1. Se eu pudesse, ficava aqui o dia todo viajando nessas fotos. Menina do céu, que coisa mais linda! Eu fico feliz demais com esse carinho e não, nunca irei me cansar de agradecer e elogiar!
    Eu só li o primeiro livro rs sim, ainda pretendo ler os outros dois, só faltou “dimdim” e oportunidade. Mas é como uma promessa de ter meu box de Harry Potter, farei esse ano ainda!
    Lara é incrível, linda, feliz, humana. Eu vi os dois filmes e adorei também!
    Já estou meio agoniada por esse terceiro filme.
    O amor precisa vencer! rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor(@vazionaflor)

Repense, renove, rediscuta...

%d blogueiros gostam disto: