meu querido abismo ♥ Raphael Gancz & Mariana Coan

Retipatia

meu querido abismo pode até fazer parte da linha Caveirinha, a linha infantil da DarkSide Books, mas o que isso verdadeiramente significa é que essa é uma história feita para dialogar com sua criança interior, aquela que mantemos dentro de nós mesmo sem perceber, mesmo sem querer. aquela a qual nem sempre escutamos, mas devemos, porque ela é parte essencial de quem somos.

meu querido abismo
Raphael Gancz & Mariana Coan
DarkSide Books | 2020 | 80p.
Disponível em Amazon
“Feche os olhos e pense no mar”

sobre Raphael Gancz & Mariana Coan

Raphael Gancz é escritor, nascido no Rio de Janeiro. Publicou o livro de poesia ContraBandos, pela Edith, e a novela Selva, pel’A Oficina do Santo. Teve diversos poemas e contos publicados em antologias no Brasil e no exterior.

Mariana Coan é ilustradora e artista visual. Entre as técnicas que utiliza, estão o desenho, colagem e arte com papel. Colabora, desde 2006, com publicações literárias, animações e diversas revistas de circulação nacional.

sinopse de meu querido abismo

A imensidão do mar e da nossa mente são dois universos amplamente desconhecidos. Três quartos do planeta Terra estão cobertos de água, mas conhecemos apenas uma ínfima quantidade do que existe nele. Até o início deste século, o homem havia identificado cerca de 230 mil espécies marinhas. A estimativa, contudo, é que o número real de espécies que habitam o universo marinho ultrapasse um milhão.

Assim como nos oceanos, a nossa mente ainda não foi mapeada e explorada no seu limite. Não sabemos todo o potencial criativo que existe dentro de cada um de nós. O que mais pode haver no mar? O que pode haver dentro de cada um de nós?, é o que perguntam Raphael Gancz e Mariana Coan nesta belíssima e poética obra dedicada às pequenas e aos pequenos leitores.

Meu Querido Abismo parte dessa curiosidade que todos temos ao mergulhar na imensidão do oceano ou dos compartimentos secretos escondidos em nossa mente.

Uma jornada que nos estimula a descobrir o novo, e nos aproxima da magia e do mistério diante da vida. Meu Querido Abismo propõe um diálogo sobre a existência, a criatividade e o saber. Como criar, como produzir arte? Como romper o medo do papel em branco? A obra investiga esses caminhos de maneira poética e lúdica, com ilustrações deslumbrantes que se transformam em ferramentas para estimular e aguçar o poder criativo de toda criança.

O convite da dupla é para vasculharmos a imensidão em nossos oceanos particulares e encontrar novos horizontes diante do mar aberto. Essa é chance de dar vazão para aquilo que ainda não conhecemos mas que pode nos dizer muito sobre o que somos, e quem somos. Meu Querido Abismo se propõe a visitar esse enorme e desconhecido universo marinho da nossa consciência e a nos mostrar o que ele tem de mais verdadeiro, raro e inusitado. A prosa de Raphael Gancz forma um par perfeito com as imagens de Mariana Coan e encanta a cada página virada, provoca deslumbramento e reflexões sobre o mundo que estamos criando para as nossas crianças.

meu querido abismo

já desencavei punhados e punhados de terra, mas era incapaz de chegar a qualquer lugar. foi daí que, certa vez, fechei os olhos e o vi, amplo à minha frente.

meu abismo vasto, ondulante, profundo, repleto de escuridão.

molhei os pés na beira, adentrei no meu oceano. foi surpresa a água fria-gelada de parar o coração, me parou por um tempo. mas mesmo assim voltei à tarefa anterior, e comecei, dali, da água, a cavar, cavar, cavar.

quanto mais eu cavava, mais fundo eu ia, mais água a pesar sobre os ombros, mais luz que não irradiava.

quando parecia impossível respirar, continuar, veio um fôlego do traço de luz que descobri existir naquelas trevas, naquela profundidade.

estava era cercada pelo mundo de dentro do meu próprio abismo, que era você, o cerne de tudo, de todas as coisas, todas as cores, todos os ‘eus’.

então, satisfeita, retomei a cavar. indo mais fundo, descobrindo mais, vendo mais do meu querido abismo.

meu querido abismo: a obra da Caveirinha

meu querido abismo foi uma bela surpresa. não apenas o tema é algo que me chama para a leitura, como gosto muito da conversa entre entre palavras e desenhos. e aqui a conversa é pura verdadeira sintonia. não tem vírgula que não fale com um peixe, não tem palavras que não suspiram em ondas.

uma das coisas mais incríveis desse livro é a imensidão que ele desperta dentro da gente. num primeiro momento você pode pensar que adentrar o vasto oceano dentro de si, submergir dentro de si, pode ser algo ruim, mas estamos falando aqui de profundidade. a profundidade das coisas, dos pensamentos, daquilo que criamos, da nossa vida, da gente. é impossível não perceber a sutileza com que o tema é abordado e, ao mesmo tempo, a clareza com a qual ele é dito.

uma leitura mais que recomendada para quem, como todo mundo deveria, alimenta sua criança interior. para quem quer se descobrir, ultrapassar suas próprias barreiras, não de um jeito ruim, limitante, mas de um jeito que te mostro o novo, que te traga descobertas, que te leve a olhar para dentro e dizer, ah, meu querido abismo!

aleatoriedades

o livro meu querido abismo foi recebido em parceria com a DarkSide Books para a Maratona Literária de Nacionais, realizada no meu clube do livro, o Coletivo da Retipatia.

para quem também gosta de ler e descobrir mundos incríveis sobre si mesmo, a dica da vez é o livro Em Busca da Feição Real, um conto de fadas para qualquer idade.

que a Força esteja com você!

xoxo

Retipatia

2 thoughts on “meu querido abismo ♥ Raphael Gancz & Mariana Coan

  1. Falar de algum livro da Dark já é uma alegria tão grande, não conheço uma edição que seja “feia” ou que chegue perto disso.
    Parece ser aquele tipo de ensinamento que a gente se senta no tapete da sala e fica lá, olhando as páginas, sorvendo os ensinamentos e pensando em como nos curarmos muitas vezes de nós mesmos!!!
    Espero muito ler esse livrinho em breve!!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor

Repense, renove, rediscuta...

%d blogueiros gostam disto: