Amigas que se encontraram na história ♥ Angélica Kalil & Mariamma Fonseca

Retipatia
Resenha do livro ilustrado Amigas que se Encontraram na História de Angélica Kalil e Amma, publicado pela Quintal Edições.

Você já parou para pensar sobre a amizade feminina? Bem, em Amigas que se encontraram na história, Angélica e Amma pensaram e trouxeram histórias inspiradoras. Repletas do lembrete ao mundo que juntas, somos mais fortes!

Amigas que se encontraram na história
Angélica Kalil & Mariamma Fonseca
Quintal Edições
2020 | 180 páginas

Disponível em Loja Quintal Edições

“Complexas, mais que amigas, podemos ser amigas geniais. Além da cumplicidade, partilhamos a fertilidade das nossas almas, e podemos criar muita coisa juntas. Se sozinhas somos tão fortes, imagina aliadas?”
Sobre Angélica e Amma

Amma (Mariamma Fonseca) nasceu em Eunápolis-BA e vive em Belo Horizonte-MG. É formada em Jornalismo, Artes Visuais e atualmente estuda Design Gráfico. Idealizou o site Lady’s omics (2010) sobre mulheres e quadrinhos e coordena uma gibiteca (desde 2009) em sua cidade natal. É mãe da Iara, trabalha como ilustradora freelancer nas horas vagas se dedica a estudar o livro para a infância.

Angélica Kalil é roteirista e editora, trabalhou em produções da TV Cultura, Canal Futura, Sesc e Univesptv. Jornalista com pós-graduação em roteiro para cinema e televisão pela Universidade Autônoma de Barcelona. É mãe da Tarsila e diretora do canal no youtube “Você é feminista e não sabe”, onde faz entrevistas sobre o tema a partir de diferentes recortes.

Sinopse de Amigas que se encontraram na história

Amigas que se encontraram na história é um livro infanto-juvenil sobre a amizade entre mulheres que se destacaram na humanidade em diferentes tempos. A proposta é revelar um vínculo de afeto muitas vezes desconhecido pela maior parte do público e o legado que estas relações deixaram para o mundo.

Ao fabular essas histórias reais, a publicação joga luz na cumplicidade feminina, redimensionando a importância do apoio das mulheres umas às outras. Desta forma, também amplia o conceito de sororidade tão presente e importante para as meninas de hoje.

Resenha do livro ilustrado Amigas que se Encontraram na História de Angélica Kalil e Amma, publicado pela Quintal Edições.
Amigas que se encontraram na história e o Teste Bechdel-Wallace

Você sabe de onde surgiu a expressão gossip (fofoca)? Bem, segura o baile um pouco e segue comigo.

Por acaso você também conhece o teste de Bechdel-Wallace?

Esse é um teste criado em 1985 por Alison Bechdel, que era debatia em suas tirinhas a imagem da mulher nos cinemas. O filme (e aqui a gente vai estender para livros), tem que atender a três requisitos mínimos para ter uma representação mais equânime das mulheres nas mídias, e isso ajuda a identificar se a obra tem um cunho sexista ou não.

Resenha do livro ilustrado Amigas que se Encontraram na História de Angélica Kalil e Amma, publicado pela Quintal Edições.

As três perguntas são simples:

  1. Tem pelo menos duas personagens mulheres com nomes?
  2. Elas conversam entre si?
  3. A conversa precisa ser sobre qualquer coisa que não homens.

Pense nas suas últimas leituras, todas conseguem atender essas três perguntas do teste? E os últimos filmes que você viu?

Rivalidade Feminina: amizade que virou fofoca

Em algumas situações, as questões são ainda mais fortes e a rivalidade feminina chega a ser fomentada. Afinal, na sociedade machista, manter as mulheres em eterno dilema entre elas, as enfraquece, tira o foco daquilo que realmente domina: o macho.

Claro que todos somos seres competitivos, mas é bom notar que a competitividade masculina é vista como algo bom, de quem quer correr atrás de seus desejos, quem quer conquistar. A mulher, por outro lado, já é a rival, a que não quer ver a outra mais bonita que si, que quer boicotar, passar a perna. Aquela velha história de que não existem amizades sinceras entre mulheres. Que só dá para ter um amigo fiel se ele for homem.

Quer um exemplo bem simples, mas historicamente sedimentado? A palavra gossip (fofoca) se originou de amiga próxima, transformando a conversa feminina em algo pejorativo. A gente pode dar outro exemplo também, já ouviu a expressão de que mulher não se veste para homem, mas para outras mulheres?

Amigas que se Encontraram na História: rompendo a bolha

É como uma bolha que é alimentada pelo senso comum, cultura, machismo, sexismo, pelos mais diversos tipos de mídia. Mas que pode (e precisa) ser rompida. Uma das iniciativas mais incríveis que conheci nesse sentido foi o livro Amigas Que Se Encontraram na História, que tem texto da Angélica Kalil e ilustrações da Amma, e publicado nesse ano pela Editora parceira do blog, Quintal Edições.

O livro é classificado como infanto-juvenil, mas pra quê rótulo né!? Eu diria que é uma leitura para todas as idades e para todas as pessoas!

Em Amigas Que Se Encontraram na História, iremos conhecer 10 histórias de 20 mulheres que, além de serem figuras marcantes no nosso passado e presente, foram amigas que se apoiaram. As narrativas seguem desde o século XVI e trazem nomes já bem conhecidos como Marilyn Monroe, Frida Kahlo e Malala Yousafzai.

Resenha do livro ilustrado Amigas que se Encontraram na História de Angélica Kalil e Amma, publicado pela Quintal Edições.

Cada pedacinho trazendo um pouco sobre a vida dessas mulheres e como elas se encontraram ao longo do tempo. Alguns resgates são antigos, dependeram da interpretação de dados escassos, mas não é difícil notar o elo que todas possuem. O elo que mostra que as mulheres são bem mais do que rivais natas. São mais fortes quando juntas, são amigas (mais que amigas, friends, né!?).

Essa foi daquelas leituras para sentar e apreciar em uma tarde. Passei pelas vidas de todas essas mulheres ciente de que sororidade pode até ser um termo relativamente recente (ele foi utilizado a partir da década de 70), mas que apenas expressa um sentimento, uma união feminina que sempre existiu. E que não será mais apagada. Não enquanto nos lembrarmos da força que temos!

Resenha do livro ilustrado Amigas que se Encontraram na História de Angélica Kalil e Amma, publicado pela Quintal Edições.
A Edição de Amigas que se Encontraram na História

A Quintal Edições trouxe uma edição incrível para Amigas que se Encontram na História: além do papel de alta gramatura, a capa conta com verniz localizado e a reprodução das ilustrações de Amma ficaram simplesmente incríveis. Parece que temos os traços da ilustradora em nossas mãos. Além disso, a sincronia entre lettering, assinado por Carol Rossetti, desenhos e texto é incrível! Esse é um livro sobre mulheres, feito por mulheres e por amigas. Não tinha como ser melhor.

Resenha do livro ilustrado Amigas que se Encontraram na História de Angélica Kalil e Amma, publicado pela Quintal Edições.

A dica de leitura para quem curte livros ilustrados é Cem: o que aprendemos na vida, de Heike Faller & Valerio Vidali, o estilo de desenho acabou me fazendo pensar nele quando vi Amigas que se Encontraram na Hstória.

Que a Força esteja com você!

xoxo

Retipatia

2 thoughts on “Amigas que se encontraram na história ♥ Angélica Kalil & Mariamma Fonseca

  1. Eu sabia que teria muito mais aqui no blog e amei, amei. As fotos, a união, a amizade e cumplicidade. E saber que é sua irmã nas fotos, deu um ar ainda mais gostoso e com cheirinho de amor sincero e eterno!
    Como não conhecia o livro, já preciso muito dele. Não somente para sentir, mas para aprender e viver com as mulheres fortes. As mulheres que precisam se inspirar em outras mulheres!!!!
    Amei, amei!!!!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor

Repense, renove, rediscuta...

%d blogueiros gostam disto: