Versos Espalhados ♥ Milena Chagas

Retipatia
Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

Versos Espalhados pelas páginas do livro, prontos para serem degustados junto à uma xícara de chá (ou café quem sabe), prontos para serem mergulhados enquanto você lê, imagina e vê as cores criadas em cada canto das cem poesias de Milena Chagas. Então puxe a cadeira e venha conhecer cada verso espalhado, reunido aqui para você!

Versos Espalhados
Milena Chagas
Publicação Independente | 2020 | 126p.
Disponível em: Amazon (Kindle Unlimited) | Livro Físico
“Agradeço mais uma vez às palavras por libertarem todas as cores que moravam em mim e me fazerem enxergar além do preto e branco.
Por formarem esse enorme arco-íris em meu coração, por trazerem essa paz imensa para minha alma e me permitirem voar, obrigada…” Paz, livros, cor: felicidade
Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

Sobre Milena Chagas

Milena Chagas nasceu em 2005 no Paraná e desde sempre foi obcecada por livros e palavras, não há um período de sua vida que ela não se lembre de livros que foram marcantes.

Ela descobriu seu amor pela poesia em 2017 e começou a compartilhá-la nas redes sociais em 2018. Hoje Milena não vive sem um caderno de poesias e está sempre escrevendo por aí acompanhada por uma xícara de café e uma gata. Você sempre poderá encontrar seus versos espalhados por aí.

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

Sinopse de Versos Espalhados

Versos Espalhados é um livro repleto de poesias, sentimentos e acima de tudo amor. O livro traz poesias de diversos temas, que descrevem muitas vezes sentimentos e realidades diversas.

“Acredito que todas as pessoas deveriam ter contato com a poesia pelo menos uma vez na vida e conhecer esse mundo incrível de versos espalhados por todos os lugares. “ – A autora

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

Meus Versos Espalhados (resenha-poema)

a pincelada em aquarela desenhou as cores

se fez poesia

como o clique oco da caneca repousando na mesa

descanso lápis, papel, tinta, sentimentos.

brotam do papel o aroma do chá

junto às palavras que saíram daqui de dentro

saíram pequenas, miúdas

como se envergonhadas.

mas logo vi que são elas

tanto quanto aquelas

que fazem da pequeneza

da vida a grandeza.

de sua pequeneza veio o raiar do dia

o assobio do pássaro, aroma da flor

sorri

dentro e fora.

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

tempo que passa porque

esperava mesmo era o anoitecer.

pra vir tecer palavras coloridas

que é pra brilharem sobre o manto escuro

toda vez que meu lado de dentro

se confundir e anoitecer.

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

às vezes a confusão vem de fora

e a escuridão também

como se vento uivante fazendo anunciação

pro inverno lá de fora.

às vezes ela é calor que queima do lado de dentro

chama de verão acesa que não sei apagar

devo apagar?

mas importa mesmo é que

às vezes faço abrandar

que é pra dar espaço pras flores

o começo do meu jardim secreto

com chave só minha

plantado aqui do lado de dentro

regado com palavras, chá e estrelas

até o tempo passar e a ferrugem tudo tomar

porque é tempo de outono

então eu outono

ferrugem passa quando o tempo faz suas andanças

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

andanças às vezes rápidas demais

travessas, quase tropeço

tropeço e caio

espalhando meus versos por todos os lados

mas lembro que daqui debaixo

dá pra juntar os versos perdidos do meu jardim

e usar pó de estrela para o kintsugi*

*Kintsugi (金継ぎ?, きんつぎ, “emenda de ouro”), também conhecido como Kintsukuroi (金繕い?, きんつくろい, “reparo com ouro”) é a arte japonesa de reparar uma cerâmica quebrada com laca espanada ou misturada com pó de ouro, prata ou platina, um método semelhante à técnica maki-e. Fonte
Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

os ramos dos versos agora colados

parecem veias das asas de uma borboleta

que voa em asas estreladas aqui dentro

lembrando da época que eram muitas

borboletando em meu estômago

bagunçaram a ordem alfabética do meu jardim

se não faz sentido para você, imagina para mim?

os cacos juntos, de todo jeito

deixei a cola estelar secar

e borboletei, de qualquer jeito

mas não de um jeito qualquer

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

cada palavra girando comigo como sprinkler

irrigando água no jardim de dentro

só pra eu me recostar na poltrona de novo

o apito do trem soando ao longe

os barulhos da noite brilhando estrelados

o clique oco da caneca repousando na mesa

enquanto o pincel faz azul e turquesa

brotando da ponta dos meus dedos

a pincelada em aquarela desenhando cores

e se fez, poesia.

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

Os Versos Espalhados de Milena Chagas (trechos)

“Mesmo tudo estando nublado
Não deixo de acreditar
Que podemos colorir o mundo
Com tudo que mora dentro de nós
Com essa enorme aquarela
Chamada coração” Cores

“Hoje as cores moram em mim
E não existe ninguém
Que possa tirar os pincéis
Da minha mão”

Resenha-poema do livro Versos Espalhados da autora Milena Chagas, publicação independente em 2020. Leitura do Projeto Lendo Escritoras Nacionais.

“A vida é passageira, formada por milhares de coisas passageiras, mas nós podemos ser eternos, somos eternos instantes, vivendo nessa vida passageira por engano…” Somos eternos instantes

“Desde que as vi me apaixonei
Identifiquei-me
Sempre á no alto, sem desaparecer uma noite sequer
Brilhando por fora
Explodindo por dentro” Estrelas

Aleatoriedades

O livro de poemas Versos Espalhados foi recebido em parceria com a autora Milena Chagas, bem como faz parte do Projeto Lendo Escritoras Nacionais do Retipatia (para conhecer o projeto, é só clicar aqui)!

A leitura é leve, fluida, e criou um ciclo bem legal através poemas: desde a narrativa visível no todo do livro, assim como com as conexões de temas até a voz do eu lírico a viver a vida e narrar-se em cada poesia.

O texto-resenha-poema foi inspirado pelas conexões, histórias, narrativa, brilhos estelares e palavras dos Versos Espalhados por Milena Chagas nas páginas do livro (não repare a falta de coesão aqui e acolá, já que poetisa está longe de ser uma de minhas atribuições, mas vale o esforço, certo!?). Aliás, tomei a liberdade de criar mini versos para espalhar pelas fotos da resenha também.

Por último, mas não menos importante, para quem quer conhecer mais poesias nacionais leves e gostosas de ler, duas dicas: Maio da Barbara Mançanares | Cumulonimbus da Camila Quintanilha.

Que a Força esteja com vocês!

xoxo

Retipatia

3 thoughts on “Versos Espalhados ♥ Milena Chagas

  1. Eu sempre amei poesia. Arrisquei até escrever algumas, em um blog que hoje está fechado, por simplesmente estar num momento(há tempos rs) ruim.
    Mas penso em voltar a sentir em algum momento.
    Por isso, ver e sentir as letras ontem no Insta, o casamento da bagunça colorida das fotos casando com cada verso da autora, encheu meu coração de paz e amor!
    A poesia é isso, te pegar de jeito e te arrancar suspiros e sim, muitas vezes, lágrimas. A bagunça lá fora, o caos, precisa e deve ser derrubado pelo amor e nesse livro deve ter tanto amor, tantos sentimentos!!
    Coisa mais linda do mundo!!!!
    Eu só agradeço pelo sentir e que a autora seja lida e sentida por muitos amores e desamores!!!!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor

    1. Oie!
      Own que coisa mais linda, fico muito feliz de ver que você conseguiu captar e sentir tudo isso por aqui! Acho que a poesia tem um jeito muito especial de conversar com a gente e acho que é muito interessante como um mesmo verso pode falar de tantas maneiras distintas! 🙂
      Obrigada pelo carinho e pela visita!
      xoxo

  2. Puts, Re…

    Eu vim aqui ler uma resenha e dei de cara com uma poesia-resenha, sabe? Puts! A maneira como você construiu esse post foi linda e se esse livro te inspirou a isso, sério, quero ser tocada por ele também, e fim!

    Amei os trechos que você selecionou, estou encantada por “Cores”. Nunca fui muito da poesia, consumindo e criando, mas ando querendo achar algumas pra amar… Através das suas fotos sinto que essas são fortes candidatas.

    Da parte visual nem preciso falar, tanto a do livro em si quanto as suas composição são impecáveis.

Repense, renove, rediscuta...

%d blogueiros gostam disto: