Once Upon an Ice Cream…

Em 23.09.2018   Arquivado em Contos & Crônicas

Once upon an ice cream eu queria todos os sabores juntos. Todos mesmo, de maracujá a chocolate. De beterraba a maresia. E queria também com gosto de céu e estrelas cadentes, aquelas que povoam o céu que nunca vi, mas acredito que existe, junto aos unicórnios que cavalgam as florestas repletas de tempestades de arco-íris.

Mas só tinha de iogurte. E não gosto de coisas com gostos que não são delas. Iogurte tem que ter gosto de iogurte. Sorvete, de sorvete. E não venha dizer que eu queria todos os sabores, queria todos os sabores reais. Não os de iogurte.

Então, não conseguindo decidir entre o sabor de água fresca e gergelim, coloquei todos eles, até mesmo iogurte. E a boca misturou todos antes que se misturassem lá dentro. Que diferença faria? Já tinha também calda de veludo com damascos, granulados de nozes e pérolas.

O sabor. Esse ficou misturado-errado. Ficou do jeito, com gosto de nada. Coisa em demasia fez isso, fez nada. E de nada saboreei até o fim do pote, o preço do quilo não deixaria desperdiçar granulado algum.

Porque as coisas são como são. Tem sabores para todos os lados que cheiram, molham olhos e congelam my mind. E fico crazy e descontrolada, porque não sei de que cor são as cores, misturadas erradas e lambuzadas. Tanto que pingou na blusa e tive que lavar na pia. O tempo seca, e a vida passa e agente nem vê.

Não que quisesse ver, enxergar água evaporando e saindo por aí pra formar nuvem. Só queria os sabores certos, escolher só um ou dois. Mas talvez, seja por defeito de fábrica ou por ter aprendido o beabá errado, que quis provar todos juntos. Vai saber, talvez seja questão também do olhar que vem de fora e aponta milhares de dedos como se mão não viesse com número limitado deles.

Agora é hora do happily ever after, com o gelado doce que fica na boca, de vontade de querer mais, começar tudo de novo, como se não tivesse querido estacar um milhão de vezes, na metade do pote.

Once upon an ice cream…

Dia 23 de setembro é celebrado o dia do sorvete e as ideias mergulhadas em calda, são apenas loucuras advindas do consumo da sobremesa gelada, provavelmente.

Que a Força esteja com vocês!

Assistindo: Hemlock Grove

  • Lunna

    Em 23.09.2018

    Quando criança eu amava sorvete e creme com frutas cristalizadas. Então minha mãe passava no armazém para comprar o potinho de frutas e assim sabia que iria para a sorveteria. Pedia duas bolas de sorvete de creme e a mesma moça sempre perguntava: “e a menina vai querer chocolate?”. Não! Ela gosta de sorvete de creme. Que estranho. Ela sempre dizia a mesma coisa. Sentava na mesa. Minha mãe porvilhava as frutas por cima e a massa do sorvete italiano é diferente. É massa. Misturava e degustava colheradas de meu sorvete.
    Minha mãe gostava de pistache.
    Um dia, a tal da moça veio me perguntar porque eu não pedia sorvete de chocolate. Foi engraçado. Eu adorava chocolate (ainda adoro) mas, não no meu sorvete porque chocolate era barra embrulhado com papel laminado-alumínio e embalagens coloridas. Sorvete tinha que ser de creme. Ela ficou lá na minha frente, boquiaberta, sem entender. Algo tão simples.
    Como o seu sorvete de iogurte. Se eu quisesse tomar iogurte, compraria um potinho na padaria-mercado.
    Enfim, nunca entendi certas misturas estranhas. rs

    bacio

    Ps. Dúvida do dia: quem são os estranhos mesmo? rs

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Lunna!
    Preciso começar falando que também não entendo certas misturas estranhas, soam erradas na boca, é o que acho. Mas aforo sempre ler as memórias despertadas em ti pelas minhas quaisquer palavras que me atrevo a chamar de post… rsrsrs
    E, é só um detalhe à parte que não sou fã de frutas cristalizadas e nunca dei muita bola para sorvete de chocolate também. Gosto mais dos de frutas, na verdade. De novo, estou aguada por um sorvete… rsrsrs Ainda não fui à Itália para provar um autêntico sorvete de lá, mas já provei alguns que se assemelham a essa massa, são fora de série, sem dúvidas!
    Obrigada pela visita e pelo papo!
    p.s.: sem dúvidas são eles os estranhos… rsrsrs

  • Juliana

    Em 23.09.2018

    Terminei esse post com água na boca! rs Ao contrário de você, gosto de coisas com sabor se outras coisas, da mistura de sabores. Pizza de estrogonofe. Coxinha de hot dog. Até o sorvete de iogurte. Não sempre, mas as vezes gosto de aproveitar esses sabores que a princípio parecem equivocados. E claro, não falo só do paladar. Gosto daquela alegria que tem um leve gostinho de tristeza. Da saudade com sabor de esperança. Da tranqüilidade com gosto de tédio. Desse último não gosto tanto. Mas essas misturas e esses sabores “errados sempre chamam minha atenção.

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Juliana!
    ahaha eu entendo demais, eu estava pensando o dia todo em sorvete, tomei, mas depois do texto, queria de novo… rsrs
    Eu entendo o lance dos sabores, tenho minhas exceções (a bala de Coca-Cola e a pizza de estrogonofe que o digam ahaha), mas, de modo geral, acho que era o sentimento estado de espírito do momento da escrita. E me fez revoltar com os iogurtes da vida, porque esses eu não curto mesmo. ahahah E as misturas que você disse, acho que fazem parte da calda de caramelo com tédio e alegria, eu adoro! <3
    Obrigada pela visita! <3
    xoxo

  • Ana Claudia Soriano de Angelo

    Em 23.09.2018

    Amo sorvete! Adoro sentar diante da TV com um pote só pra mim (coisa que não acontece com frequência porque tenho filha adolescente! Haha!) Não sabia dessa data!
    Post saboroso! Fechando brilhantemente a maratona! Quero agradecer por me proporcionar tantos trabalhos bem feitos durante a semana! Foi a minha primeira vez, com certeza de muitas! Aprendi muito por aqui!
    Grande beijo de gratidão e felicitação!

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Ana Cláudia!
    Ah como não amar sorvete, não é mesmo!? Também fico doida pra ter um pote só pra mim, mas sempre tem gente em casa! ahahh
    Feliz que tenha gostado da maratona, é mesmo uma delícia se desafiar dessa forma e aprendermos umas com as outras!
    Obrigada pelo carinho! <3
    xoxo

  • Luly Lage

    Em 23.09.2018

    Dizem que tudo que é demais engorda, né… É uma metáfora muito literal quando o assunto é um acúmulo de sabores de sorvete? Sim. Mas ainda assim funciona. Não tá pra ter Sorvetinhos de Todos os Sabores em um só em nenhum aspecto da vida, nem quando é pra evitar sabores errados como o iogurte. Mas o bom do “olho maior que a barriga” é que ele ensina a apreciar com moderação depois.
    Ou não.

    A não ser que criem o sabor maresia. Esse aí eu devoraria, sem parar, todo dia!

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Luly!
    Ahaha sim, é uma metáfora muito literal, mas casa totalmente com o assunto em questão. A gente até sonha com sorvetes de todos os sabores, mas às vezes, é bom sonhar e, em outras, é bom ver que não precisamos e não queremos tudo. Maresia é mesmo uma boa, eu também fiquei a imaginar… rsrs
    Obrigada pela visita!
    xoxo

  • Analia Menezes

    Em 23.09.2018

    Rê. Eu fiquei com mais vontade ainda de comer um sorvete. Amo de paixão. Meus dentes não agradecem mas meu coração sim.
    Adorei seu post e não sabia que tinha o dia do ice cream.
    ba-ba-do!

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Anália!
    Ah objetivo alcançado com sucesso! ehehe É alimento pra alma e pro coração, com certeza! <3
    Obrigada pela visita!
    xoxo

  • Fernanda Pedotte

    Em 23.09.2018

    Oie!!
    Que post mais saboroso!
    Eu amo sorvete, principalmente de pistache. Acho que gosto dos sabores mais simples, não sou muito fã de misturas. Mas, de qualquer forma, às vezes é bom sabores diferentes!!!
    Amei o post!!

    bjs

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Fernanda!
    Feliz que tenha gostado do post! <3 E eu acho que nunca comi sorvete de pistache! ahaha Mas vou dar uma chance quando tiver a oportunidade! eheh
    xoxo

  • Patricia Monteiro

    Em 23.09.2018

    Esse post me deu vontade de tomar sorvete! Adoro! Fico bem indecisa nessas sorveterias a quilo, são tantas as opções que fico perdida. Começo encantada com a variedade de cores, sabores, mas no fim acabo optando pelos tradicionais com um tiquinho de algum sabor mais diferente. Muitas misturas não dão certo (pelo menos pra mim). Fica mesmo com gosto de nada, perde a personalidade.

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Patrícia!
    ahaha Um dos efeitos desejados foi alcançado com sucesso, então! ehehe E tem uns sabores que não dão muito certo mesmo!
    xoxo

  • Ale Helga

    Em 23.09.2018

    Amo sorvete, ainda mais se for de chocolate, aliás, tudo de chocolate por favor…
    Agora tem certas misturas que são demais outras de menos…Ah, em uma coisa empatamos, não gosto de sorvete de iogurte, embora adore iogurte…
    Abraços

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Ale!
    Ah sorvete é tudo de bom, né!? Mas acredita que não sou fã do de chocolate!? ahaha Mas sou viciada em chocolate, de modo geral… ahahah
    xoxo

  • Luana Souza

    Em 23.09.2018

    Meu sorvete favorito desde pequena é o de leite condensado. Nem sei se é um sabor “oficial”, pois não vejo muito por aí, mas eu gosto. Sempre dou preferência para os sabores “claros”. No napolitano eu sempre pegava só o de creme… e muita cobertura também: caldas e mais caldas, doces e confetes.
    Eu nem sabia dessa comemoração do dia do sorvete, mas fiquei feliz em saber que existe, pois é algo tão bom! Sorvete me lembra infância, da época que, quando eu pegava vários sabores, misturava tudo até quase virar uma sopa gelada e doce haha. Eu ainda me sujo um pouco na hora de tomar casquinha, acredite :p
    Amei o texto, Rê! *-*

  • Retipatia

    Em 23.09.2018

    Oi Luh!
    Eu gosto muito de leite condensado também, ainda mais se acompanhado de muita calda, doces ou bolo! Ah, sorvete com bolo (ou um mais phyno petit gateau) é uma das maravilhas do universo! ahahah
    No napolitano, eu sempre descarto o chocolate… kkk E sorvete tem mesmo cara de infância, todo um amor envolvido, sem dúvidas!
    Feliz que tenha gostado do texto! <3
    xoxo


CAPTCHA Image
Reload Image
%d blogueiros gostam disto: